Pular para o conteúdo ou para o menu.

Sanmariana

Da fazenda para sua mesa

Tradição e qualidade levados à sério

Novidades

Certificação do Rebanho Leiteiro

Saúde

Certificação do Rebanho Leiteiro

As Fazendas Reunidas ALBERTO CUNHA MENDES, fornecedores de leite cru para a indústria SANMARIANA, obtiveram em 19 de fevereiro de 2013 a CERTIFICAÇÃO DE ESTABELECIMENTO DE CRIAÇÃO LIVRE DE BRUCELOSE E TUBERCULOSE para todo seu rebanho, certificação concedida pelo MINISTÉRIO DA AGRICULTURA, PECUÁRIA E ABASTECIMENTO.
Esta certificação somente é obtida pelas propriedades que cumprem o Regulamento Técnico do Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal, aprovado pela Instrução Normativa SDA nº 06 de 08 de janeiro de 2004.

Para se ter uma idéia da importância desta certificação, em todo o Estado de Minas Gerais existem somente 47 propriedades certificadas, sendo que destas apenas 14 estão localizadas na região do sul de Minas.

Certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose
A certificação de propriedades livres de brucelose e tuberculose, segue essencialmente padrões e princípios técnicos sugeridos pelo Código Zoosanitário Internacional. A adesão à certificação é voluntária e destina-se prioritariamente a propriedades leiteiras. O proprietário compromete-se a sacrificar os animais reagentes positivos. É obrigatória a vacinação de fêmeas na faixa etária de três a oito meses de idade. A propriedade para ser certificada como livre, deverá apresentar três testes negativos para todos animais do rebanho, em um período mínimo de nove meses. Os testes de diagnóstico para brucelose serão realizados em fêmeas de idade igual ou superior a 24 meses, quando vacinadas na idade de três a oito meses, e em machos e fêmeas não vacinadas, a partir dos oito meses. Para a tuberculose, os testes serão efetuados em todos animais com idade igual ou superior a seis semanas. As propriedades certificadas ficam obrigadas a repetir os testes anualmente, em todos os animais do rebanho. São exigidos dois testes negativos para o ingresso de animais na propriedade, se não forem oriundos de propriedades livres. Os testes de diagnóstico, serão realizados por médico veterinário credenciado da iniciativa privada. O terceiro teste para tuberculose será acompanhado por médico veterinário oficial. No caso da brucelose, as coletas do sangue para a realização do terceiro teste também serão acompanhadas por médico veterinário do serviço oficial. O teste deverá ser executado por laboratório oficial credenciado.

A brucelose causada pela bactéria Brucella abortus e a tuberculose pelo Mycobacterium bovis afetam principalmente as espécies bovina e bubalina. A transmissão da brucelose entre bovinos ocorre por via oral e genital. Essas doenças também são transmissíveis ao homem através da ingestão de leite e derivados e por contato com animais enfermos ou materiais de aborto. Nos bovinos e bubalinos as brucelas têm tropismo pelo útero de animais prenhes e placenta, provocando placentite, aborto, natimortos ou bezerros debilitados. As conseqüências do aborto podem ser retenção de placenta, endometrite e infertilidade.

A tuberculose é disseminada entre os bovinos principalmente por via oral e respiratória. A transmissão para o homem ocorre pela ingestão de leite e derivados contaminados, via cutânea e por via respiratória. A ocorrência no rebanho depende do tipo de exploração e sistema de manejo. Nos bovinos a tuberculose caracteriza-se pelo desenvolvimento progressivo de lesões granulomatosas, que podem se localizar em qualquer órgão, causando redução do tempo de vida produtiva, rejeição parcial ou total de carcaças, crescimento mais lento ou mesmo perda de peso e diminuição na produção de leite.

A ocorrência de tuberculose e brucelose no homem, depende da prevalência destas espécies nos bovinos e bubalinos, hábitos alimentares da população, condições sócio-econômicas, procedimentos adotados na manipulação e conservação dos alimentos e das medidas de prevenção e controle adotadas nas propriedades. Sabe-se que, as duas enfermidades estão disseminadas por todo território nacional, porém não se conhece exatamente a sua prevalência e distribuição regional. A brucelose ocorre tanto nos bovinos leiteiros como nos de corte, enquanto a tuberculose, atinge com maior freqüência o gado de leite.

FONTE: Programa Nacional de Controle e Erradicação da Brucelose e Tuberculose Animal (PNCEBT).

Leia também

A importância do cálcio no seu organismo Beneficios do queijo na saúde dentária Consumo de cálcio na terceira idade A importância do cálcio para as crianças Alunos da FANUTRI de Passos, MG visitam a Sanmariana

Veja outras notícias

Receba novidades da Sanmariana











Fazenda SanMariana

Zona Rural - Bairro Pachecos

Alpinópolis - Minas Gerais

Fones: (35) 3523-1760 | 3523-2097

O produtos Sanmariana são produzidos com leite próprio